RECADO ATERRADOR SOBRE A TUA LIBERDADE

“ ... Digamos que tudo aquilo que sabes não seja apenas errado, mas uma mentira cuidadosamente engendrada. Digamos que tua mente esteja entupida de falsidades: sobre ti mesmo, sobre a história, sobre o mundo a tua volta, plantadas nela por forças poderosas visando a conquistar, pacificamente, tua complacência. A liberdade, nessas circunstâncias, não passa de uma ilusão, pois és, na verdade, apenas um peão num grande enredo e o teu papel o de um crédulo indiferente. Isso, se tiveres sorte. Se, em qualquer tempo, convier aos interesses de terceiros o teu papel vai mudar: tua vida será destruída, serás levado à fome e à miséria. Pode ser, até, que tenhas de morrer. Quanto a isso, nada poderá ser feito. Ah! Se acontecer de conseguires descobrir um fiapo da verdade até poderás tentar alertar as pessoas; demolir, pela exposição, as bases dos que tramam nos bastidores. Mas, mesmo nesse caso, também não terás muito mais a fazer. Eles são poderosos demais, invulneráveis demais, invisíveis demais, espertos demais. Da mesma forma que aconteceu com outros, antes de ti, também vais perder!" Charles P. Freund, Editorialista do “The Washington Post”. T.A.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Quem está por trás de Barack Obama?

Em 26 de agosto de 2008, recebi de Antonio ('aslannaoemito@yahoo.com.br') a seguinte pergunta:


Caro Armindo,

Tudo bem?

Na sua opinião, o Barak Obama é fantoche de quem?

Abraços

Na madrugada do mesmo dia (quarta-feira, 27 de agosto de 2008, às 00:23), assim respondi a ele:

Oi Antonio! Tudo bem? Tentarei responder à sua instigante pergunta.

Em todos os meus textos (ARTIGOS e LIVRO) tenho sido muito claro quanto ao papel de certas sociedades secretas na organização planetária que visa à consolidação do “Governo Mundial”.

O Grupo Round Tables, destinado a “...manter a antiga força, prestígio e glória do império britânico no mundo...”, formado por potentados (todos associados aos Rothschild) do passado e do presente (como Cecil Rhodes, Harriman, Alger Hiss, os Morgan, os Rockfeller, W. Wilson, Cel Mandell House –o Sombra-, os Warburg, etc.), submisso ao GRUPO de BILDERBERG (associação de topo da Elite Iluminada e Cabeças Coroadas européias), criou uma série de organizações espalhadas pelo mundo, com a finalidade de estabelecer diretrizes de formação e implantação do governo e da riqueza unificados.

Dessa complexa teia, destacam-se:

1. Os Bancos Centrais Privados, independentes ou autônomos, dos países capturados, que cumprem as diretrizes de política monetária implantadas pelo esquema e administram as moedas locais e as respectivas “dívidas externas”, criadas pelos mesmos bancos centrais;

2. As Fundações de Benemerência (Ford, Rhodes, Rockefeller, Endowment, etc.) que servem como canais privados de financiamento aos tentáculos;

3. As Universidades mais cobiçadas – Harvard, Columbia, Yale, Johns Hopkins, Oxford, Princeton,... e sua rede privada de captação de talentos e mão-de-obra servil ao esquema:

4. As Sociedades Secretas de Alunos dessas mesmas Universidades, como a “Skull&Bones”, o “Porcellian Club” e outras;

5. Os “Think-Tanks”, pastiches do próprio Grupo Round Tables, criados à sua imagem e semelhança, onde são geradas e distribuídas as diretrizes de política e estratégia globais do esquemão:

O Royal Institute of International Affairs (RIIA), de Londres; o Council On Foreign Relations (CFR), dos EEUU, e outros espalhados pelo mundo, inclusive no Brasil (veja “O Poder Secreto! para maiores informações). Desses organismos saem normas e os titulares dos cargos mais importantes do planeta: os presidentes dos EEUU, quaisquer que sejam seus partidos de origem (à exceção de Ronald Reagan, egresso da General Electric, uma das empresas-chave do complexo industrial-militar que sustenta e apóia o esquemão); TODOS OS SECRETÁRIOS DE ESTADO dos Governos Americanos, e vários outros postos-chaves da administração americana, mundial e da ONU;

6. As ONG e as Agências Reguladoras, como elementos de pressão política, psicológica e de defesa de interesses comerciais;

7. A MÍDIA Internacional;

8. A Comissão Trilateral e suas ramificações regionais, que impõem as diretrizes políticas aprovadas, pelo esquema, aos países de sua respectivas regiões geopolíticas: As Américas; A Europa Ocidental e a África; a Europa Oriental e a Ásia.

9. Em todos os países controlados, tais instituições mantêm organizações político-partidárias de esquerda e de direita, ambas as vertentes trabalhando para os mesmos fins: o Governo Mundial e os Interesses político-econômico e estratégicos planetários... Por isso, diz-se nos EEUU que o CFR tem controlado TODAS as presidências dos EEUU, até hoje, quer tenham sido (ou venham a ser) republicanas ou democratas...

10. Já no Brasil, e em todo o Continente Americano, as vertentes (subconjuntos menores) da Comissão Trilateral vêm, à esquerda, através do Foro de SÃO Paulo; à direita, pelo Diálogo Interamericano , ambos dedicados aos mesmos objetivos... Por isso, provando que ambas as vertentes são idênticas, Lula, Meirelles e FHC foram, juntos, diretores do Diálogo Interamericano desde a década de 80... E, pelas mesmíssimas razões, Lula é também membro-fundador do Foro de São Paulo...

Diferem essas duas vertentes apenas pelo seu caráter e de seus seguidores: A direita, espiritualista, judaico-cristã, capitalista, evoca a preeminência do homem e a garantia de suas realizações pessoais sob amparo moral e ético do monoteísmo judaico-cristão.

A vertente da esquerda exorta a preeminência do estado sobre os interesses pessoais, via que julga mais adequada para a igualdade social entre os homens. Intitula-se a mais “progressista’ pois, descolando-se da ética e da moral religiosa ocidentais (a sintetizada pelos dez mandamentos tradicionais e pela instituição católica dos ‘sete pecados capitais’) defende princípios distintos delas, como o aborto, a eutanásia, o homossexualismo, o sexo recreativo, etc , mas, infelizmente, confundem-se em seus objetivos finais: O internacionalismo, o fim dos Estados-Nacionais, o governo mundial, a moeda e o banco central únicos, corte de justiça central e exército mundial.

Ou seja: ambas as vertentes são aliadas nas sombras... Quem não reconhecer isso, quer tapar o sol com a peneira, é ignorante ou membro da CONSPIRAÇÃO e tem interesses escusos a defender... Ficou claro ?

Retornando à sua pergunta inicial, portanto, me parece bem mais claro e fácil agora de entender a resposta:

A. Obama, apesar de provir de uma família pobre e dividida, ex-usuário de drogas, viveu algum tempo na Indonésia e no Havaí, mas estudou em Harvard (O paraíso estudantil da elite capitalista) e é, supostamente, o candidato esquerdista!!! Quem, nesse caso, patrocinou seus estudos de elite???

B. A questão fica ainda mais clara quando se lê corretamente o que significa a escolha de seu vice-presidente, o senador democrata Joseph Biden, atual presidente da “Comissão de Relações Exteriores do Senado” e membro proeminente do CFR: Council On Foreign Relations (Conselho de Relações Exteriores)...

C. A lista dos principais auxiliares presidenciais privilegia egressos dos quadros dirigentes do FED (Federal Reserve System), o banco central privado que emite e controla a moeda norteamericana, base das transações comerciais e financeiras mundiais, e a taxa de juros nos EEUU...

Será que já deu, finalmente, para entender ???

Um abraço do

Armindo Abreu.

Um comentário:

  1. Guilherme Augusto Rodrigues17 de agosto de 2009 12:16

    Prezado Armindo,
    Em relação a presidentes, o que aconteceu afinal de contas com Fernando Collor, quem colocou ele na presidência, era pau-mandado de quem, e quem o tirou?

    ResponderExcluir